Notícias

Prêmio Trajetórias Culturais - Mestra Sirley Amaro

O Conselho Regional de Museologia 3ª Região (COREM-3R) orgulha-se pelas três Museólogas classificadas no Prêmio Trajetórias Culturais - Mestra Sirley Amaro, Alice Benvenutti (COREM-3R 0248-II), Daniela do Amaral da Silva (COREM-3R 0203-I) e Tania Maria Aimi Oliveira (COREM-3R0038-IV), parabenizando-as pela conquista.


Esse Prêmio, formalizado por meio de chamada pública e financiado através da Lei Aldir Blanc (Lein°14.017/2020), foi executado pelo Instituto Trocando Ideia Tecnologia Social Integrada em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (SEDAC). O valor disponível para a premiação do edital foi de R$12.000.000,00 (doze milhões de reais e foram previstos 1.500 (mil e quinhentos) prêmios.


Os candidatos à premiação, que poderiam ser indicados ou autoindicar-se, deveriam ter trajetórias culturais em áreas ou segmentos relacionados à Cultura e uma comissão de seleção realizou a avaliação das trajetórias culturais habilitadas quanto à adequação ao objeto do edital, os benefícios culturais, sociais e econômicos oferecidos às comunidades onde os candidatos atuam, com o propósito de valorizar a relevância das ações, atividades e/ou projetos desenvolvidos pelo indicado à premiação na área cultural, o impacto da trajetória do indicado na sua comunidade de atuação e o tempo de trajetória percorrida do indicado à premiação.


Daniela do Amaral da Silva foi indicada pela atual direção do Conselho Regional de Museologia 3ª Região (COREM-3R) para concorrer a esse Prêmio.


Daniela iniciou o curso de Museologia na UFRGS em 2009 e a partir daí engajou-se em atividades na área, atuando em diversas frentes relacionadas à Museologia desde enquanto estudante. Em 2016 foi contratada como Museóloga responsável pelo Setor de Acervo do Museu do Sport Club Internacional – Ruy Tedesco, em Porto Alegre, assumindo a Direção do Museu em 2017. De 2018 a 2019 foi Presidente do COREM-3R onde, em conjunto com os demais conselheiros, trabalhou para difundir o profissional Museólogo, fiscalizar as áreas de atuação e a valorização desse profissional atuante na cultura e memória. Atualmente é mestranda no curso de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio – PPGMUSPA – UFRGS. Sua trajetória é importante por difundir e dar visibilidade à cultura e à memória, procurando abranger diferentes segmentos e assuntos contemporâneos no combate a diversos preconceitos como o racismo, homofobia e o machismo, muito comuns no universo futebolístico.

Arquivo de Notícias